NOTÍCIAS

Prefeitura de Cuiabá | Secretaria de Saúde reforça importância da vacinação de crianças contra o coronavírus

Mediante o aumento de casos de Covid-19 em vários estados brasileiros, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá faz um alerta aos pais e responsáveis por crianças a partir de 6 meses de idade sobre a importância da vacinação contra o coronavírus, uma vez que a procura pela imunização infantil está baixa.

“Observando os dados retirados do e-SUS Notifica, que é o sistema utilizado para as unidades básicas e secundárias para notificação de casos de Covid-19, as últimas semanas apresentaram um leve aumento nos casos positivos da doença. Apesar disso, Cuiabá ainda se encontra no nível baixo da Classificação de Risco no estado. Mesmo assim é de extrema importância que as crianças sejam imunizadas pois a nova variante do vírus, que inclusive já foi detectada em Cuiabá, ‘procura’ aqueles que ainda não estão protegidos. Por isso as crianças não imunizadas podem virar um alvo em potencial do vírus”, explicou Flavia Guimarães, secretária adjunta de Atenção Primária.

De acordo com os dados da imunização contra o coronavírus em Cuiabá, mesmo após 10 meses de começo da vacinação do grupo de 5 a 11 anos, até o momento cerca da metade deste público tomou a primeira dose e apenas 31% tomaram a segunda dose. No caso das crianças de 3 e 4 anos, as vacinas de primeira dose já acabaram, mas as de segunda dose estão nas unidades, mesmo assim a procura está muito baixa. “É imprescindível que as crianças completem o ciclo vacinal, tomando as duas doses da vacina. Após receber as duas aplicações, caso a criança seja infectada pelo vírus, a probabilidade da doença se manifestar de forma grave cai drasticamente”, comentou Flavia.

Na última quarta-feira (23) a capital começou a vacinar também as crianças 6 meses a menores de 3 anos (2 anos, 11 meses e 29 dias) que tenham comorbidades. Para vacinar este grupo, foram escolhidas as unidades básicas Ilza Terezinha Picolli, Parque Ohara e Cidade Verde, que funcionam com hora estendida. A escolha destas UBS foi para que os pais ou responsáveis que trabalham possam levar as crianças para serem vacinadas na hora do almoço ou depois do expediente.