NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio bate marca histórica de limpeza de canais – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

O desassoreamento do Canal de Sernambetiba foi um dos serviços executados pela Rio-Águas – Prefeitura do Rio

A Fundação Rio-Águas, vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura, retirou neste ano mais de 371 mil toneladas de material do fundo dos rios da cidade, o que representa mais de 30.900 caminhões basculantes cheios, considerando caminhões de capacidade para 12 toneladas. A marca histórica foi atingida em novembro deste ano. O montante é o maior desde 2013, quando a série passou a ser monitorada.

Em quilômetros de rios limpos e canais desobstruídos, a extensão pode ser traduzida em mais de 82 km de rios beneficiados, somente até novembro deste ano. De janeiro de 2021 a dezembro de 2022, a meta era limpar 122 km de canais do município, alvo ultrapassado em setembro deste ano, com um acumulado de mais de 123 km de rios e canais limpos, desassoreados e desobstruídos.

Até novembro, pelo menos 112 rios da cidade receberam serviços de limpeza e desassoreamento. São cursos d’água como os rios Maracanã e Joana, na Tijuca; Canal do Mangue, no Centro; Rio Comprido, no Rio Comprido; rios Grande e Covanca, em Jacarepaguá; Rio das Pedras, na Comunidade Rio das Pedras; Piraquara, em Realengo; e Canal das Taxas, no Recreio dos Bandeirantes, entre outros. Um dos canais que recebe limpeza, no momento, é o Canal do Cascalho, em Vargem Grande.

Os investimentos em manutenção e desassoreamento de canais quase triplicaram em relação ao ano passado. Em 2021, os investimentos foram da ordem de R$ 11,6 milhões. Já neste ano os números saltaram para R$ 32,4 milhões, o que inclui os contratos de manutenção de rios das três bacias hidrográficas e os específicos dos canais da Rocinha e do Jardim Maravilha, além de trabalhos, por contratos específicos, para grandes rios e canais da cidade, como Rio Grande, que já foi concluído; Canal de São Fernando, em conclusão; Rio Acari, Canal de Sernambetiba e Rio Morto e do Itá, que continuarão em execução no ano que vem.

Plano Verão 2022-2023 No âmbito do Plano Verão, a Fundação Rio-Águas executa 25 obras de infraestrutura na cidade, que contribuirão para reduzir alagamentos e eliminar pontos críticos de drenagem, das quais 15 já foram concluídas.

Das dez obras que estão em andamento, pode-se citar o primeiro pacote de obras de Jardim Maravilha, em Guaratiba; as intervenções na Comunidade do Rollas, em Santa Cruz; em Vila Ieda e na Avenida Paulo Afonso, em Campo Grande; e a retomada da canalização do Rio Tindiba.

Compartilhe

Categoria:

  • 29 de dezembro de 2022
  • Marcações:

    Notícias

    Prefeitura abre canal de atendimento “Tem Saída 24h” sobre violência contra a mulher

    29 de dezembro de 2022

    GM encerra evento sem autorização com cerca de mil pessoas em Ipanema

    29 de dezembro de 2022

    Réveillon: município deve arrecadar 20% a mais de ISS de turismo

    29 de dezembro de 2022

    Guardas municipais prendem cambista com ingressos para o Jogo das Estrelas no Maracanã

    29 de dezembro de 2022

    Secretaria do Ambiente e Clima promove colônia de férias em nove parques naturais da cidade

    29 de dezembro de 2022

    < Voltar