NOTÍCIAS

Prefeitura de Cuiabá | Comissão apura excessos ocorridos na Empresa Cuiabana de Saúde Pública durante período da intervenção do Governo na Saúde

A comissão criada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, através do Decreto 9.540/2023, para apurar todas as ações realizadas no período da intervenção do Governo do Estado na Saúde do município de Cuiabá, apurou na terça-feira (17), com os colaboradores da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), os excessos ocorridos no período interventivo entre os dias 28/12/2022 a 06/01/2023. 

O presidente da comissão, secretário de Governo, Luis Cláudio, ressalta que um relatório está sendo elaborado e será entregue ao prefeito com as informações levantadas pela comissão.

“A comissão está ouvindo os colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde e Empresa Cuiabana de Saúde Pública, todos os relatos colhidos serão lavrados em ata para acrescentar no relatório, assim como possível adoção de medidas judicias cabíveis”, disse.

Dentre os fatos ocorridos no período interventivo, a comissão apura os excessos cometidos tais como; a abordagem abrupta, exonerações indevidas, evasão de equipamentos e documentos públicos que não poderiam ser retirados, filmagem sem autorização e outras situações desrespeitosas.

“O Governo não estava preocupado com a situação da Saúde, pois duramente o período de intervenção aumentou o índice de óbito e a UTI pediátrica do HMC foi fechada, então além de não contribuir, o Governo prejudicou o atendimento ao usuário do SUS. Todos esses fatos e índices iremos consolidar no relatório e apresentar no momento devido”, concluiu Luis Cláudio. 

A comissão é presidida pela Secretaria de Governo e composta por representantes da Secretaria de Saúde, Secretaria de Gestão, Secretaria de Planejamento e Procuradoria Geral do Município.