NOTÍCIAS

Prefeitura de Cuiabá | Plano Diretor Municipal entra na fase de elaboração do prognóstico; minuta será enviada à Câmara de Vereadores em abril deste ano

Ferramenta norteadora das políticas políticas que irão projetar o crescimento da cidade pelos próximos dez anos, a revisão do Plano Diretor Municipal,  elaborada pela gestão Emanuel Pinheiro, alcança a fase de desenvolvimento de prognóstico, por meio da participação direta dos segmentos organizados da sociedade civil. 

Primando pela contribuição eficiente da população cuiabana, a administração, já realizou, até o momento, mais de 60 audiências públicas no município, incluindo as sedes distritais, com objetivo de ouvir as  reais demandas dos cidadãos, conforme explica o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. 

A fase de diagnóstico já foi concluída. Em seguida, após o término dessa  etapa, avançará para promoção das reuniões técnicas setorizadas e uma nova consulta pública. Por fim, o documento será submetido à apreciação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Estratégico de Cuiabá (CMDE) e, posteriormente, será encaminhado para a Câmara de Vereadores, onde será votado e aprovado. 

O prefeito Emanuel Pinheiro, afirmou que a minuta será enviada ao Legislativo Municipal em abril desde ano, em celebração ao aniversário de 304 anos da cidade. “Fizemos um diagnóstico jamais visto e discutido com a população. Agora vem o prognóstico, que restam apenas cerca de duas audiências públicas para encerrar e a minuta, ao qual já estabeleci em nosso planejamento que está na programação de 304 anos de Cuiabá, ou seja, em abril deste ano, encaminharemos para a câmara a minuta devidamente aprovada, em homenagem ao aniversário da capital, para que possa ser debatida pelos vereadores”, disse o gestor. 

A secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS), Ana Paula Morelli, pontuou que a proposta tem como objetivo elevar a qualidade de vida dos munícipes, preparando Cuiabá para as futuras gerações. “Estamos analisando cada microrregião da cidade de forma detalhada e concisa. Estamos falando de bem-estar coletivo e isso e tudo precisa ser planejado e ajustável para o melhor de todos”, comentou. 

Os munícipes podem acompanhar o andamento das atividades via Portal da Transparência (clique aqui).