NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio e Universidade de Columbia lançam centro de pesquisas e conexões sobre mudanças climáticas, sediado no Brasil – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

Lançamento do Climate Hub Rio – Beth Santos / Prefeitura do Rio

Foi lançado nesta terça-feira (14/03), no Museu do Amanhã, o Climate Hub Rio, um centro de pesquisa e inovação sobre mudanças climáticas sediado no Brasil. A iniciativa é uma ação conjunta da Prefeitura do Rio de Janeiro e da Universidade de Columbia, por meio do Columbia Global Center Rio. O Climate Hub Rio é um polo de conhecimento, pesquisa e inovação, que reunirá especialistas brasileiros, da Universidade de Columbia e do mundo, em um ambiente propício para cientistas e outros pesquisadores trabalharem em questões climáticas globais enquanto se beneficiam de uma importante perspectiva regional. O centro é patrocinado pela Prefeitura do Rio e possibilitará colaboração e divulgação mais efetiva entre líderes locais, no Brasil, e a comunidade científica global.

 

– O Rio tem uma vocação natural e um desejo de ser uma cidade referência no enfrentamento e na forma de lidar com a questão das mudanças climáticas. A cidade tem uma geografia que apresenta muitos desafios. Essa parceria patrocinada pela Prefeitura com a Columbia, uma das maiores universidades do mundo, pretende fazer do Rio o centro das discussões e também ser destaque na implantação de soluções que possam ser replicadas mundo afora – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

 

O evento de lançamento do Climate Hub contou com a participação de diversas autoridades brasileiras e estrangeiras nas áreas de clima, meio ambiente, direitos humanos, políticas públicas, tecnologia e inovação.

Participaram dos painéis e debates o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; o secretário municipal da Casa Civil, Eduardo Cavaliere; o assessor especial da Presidência da República e ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim; Alex Halliday, reitor da Escola do Clima da Universidade de Columbia; Thomas Trebat, diretor do Columbia Global Center Rio; Dra. Wafaa El-Sadr, vice-presidente executiva da Columbia Global; e Daniel Zarrilli, conselheiro especial para clima e sustentabilidade na Universidade de Columbia e ex-conselheiro chefe de políticas climáticas da prefeitura de Nova York.

Por questões de saúde, a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, não pôde estar presente. Ela foi representada pela secretária nacional de Mudança do Clima, Ana Toni, que participou por vídeo.

O Columbia Global Center Rio completa uma década de atuação neste ano e faz parte de uma rede de dez centros globais da Universidade de Columbia, uma das principais instituições acadêmicas do mundo. Os centros servem como espaços de conhecimento, que visam educar e inspirar por meio de pesquisa, diálogo e ação. Eles promovem a compreensão, facilitam parcerias e constroem as pontes necessárias para este mundo em mudança.

 

– Inaugurar um centro de pesquisas sobre mudanças climáticas em uma cidade como o Rio é não somente estratégico, mas fundamental para o nosso presente e o futuro. Esperamos colaborar e aprender com as comunidades científicas e acadêmicas brasileiras, para construirmos juntos as soluções para urgências climáticas das comunidades locais e globais – ressaltou Thomas Trebat, diretor do Columbia Global Center Rio.

 

O Climate Hub Rio oferecerá bolsas de estudos e oportunidades de ensino, pesquisa e extensão para pesquisadores e cientistas brasileiros, além de apoio para desenvolvimento de projetos no país e também na Universidade de Columbia. O objetivo do centro é promover uma cooperação mais ampla da comunidade acadêmica da Universidade de Columbia com o Brasil, além de possibilitar colaboração para políticas públicas mais efetivas, engajando líderes brasileiros e a comunidade científica global.

 

– O Rio de Janeiro, em sua história, é vanguarda da ação climática local de impacto global. A parceria com a Columbia reforça e relança o Rio como cidade que posiciona o Brasil em matéria climática. Casa da Rio 92, nossa cidade reúne os desafios e soluções em adaptação e resiliência às mudanças climáticas e eventos extremos. Por meio de pesquisas de ponta, atividades de extensão e cooperação técnica, o Rio – via Columbia Global Center – irá receber a primeira iniciativa internacional da primeira escola de clima do mundo. Os resultados impactarão gerações de cariocas. Estamos entusiasmados com os ganhos para políticas públicas climáticas em áreas como saúde, transporte e educação – afirmou o secretário municipal da Casa Civil, Eduardo Cavaliere.

 

Do ensino à ação: Climate Hub terá quatro modelos de atividades principais

O Climate Hub será organizado em torno de quatro atividades principais:

Ensino: participação do corpo docente de Columbia em programas educacionais a serem desenvolvidos no Hub.

Convocação: desenvolvimento e organização de eventos e programação em torno de questões diversas relacionadas ao clima, incluindo transição energética, uso da terra e equidade climática.

Rede: criação de conexões entre talentos acadêmicos, com o objetivo de promoção de pesquisas e, sobretudo, ampliar a divulgação fora do Brasil do trabalho e resultados desenvolvidos pelo Hub e instituições de ensino parceiras.

Ação: promover impacto concreto nas ações de política climática localmente no Rio de Janeiro, nacionalmente no Brasil e globalmente por meio da rede da Universidade de Columbia.

Compartilhe

Categoria:

  • 14 de março de 2023
  • Marcações:

    Notícias

    Dia Nacional dos Animais é comemorado com mais de 36,4 mil atendimentos clínicos gratuitos na cidade

    14 de março de 2023

    Guardas da Ronda Maria da Penha detêm homem por descumprimento de medida protetiva

    14 de março de 2023

    Prefeitura faz ações de ordenamento no Recreio dos Bandeirantes

    14 de março de 2023

    Guardas municipais prendem homem flagrado fazendo gato de luz no Leme

    14 de março de 2023

    Seop reboca 15 carros que circulavam na faixa exclusiva do BRT

    14 de março de 2023

    < Voltar