NOTÍCIAS

Procon Carioca cobra esclarecimentos sobre rompimento de adutora de água na Zona Oeste do Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

Rompimento de adutora em Santíssimo – Beth Santos / Prefeitura do Rio

O Procon Carioca, instituto vinculado à Secretaria Especial de Cidadania, notificou a Rio+ Saneamento BL3 S.A para que a concessionária apresente informações na sede do órgão municipal, no Estácio, em até cinco dias. De acordo com notícias veiculadas na imprensa, o rompimento de uma adutora de água ocorrido por volta das 8h de sábado (25/03) na região de Campo Grande e Santíssimo, na Zona Oeste, causou não só alagamento e destruição de diversas casas e lojas, como também desabastecimento e alteração no fornecimento de água em bairros próximos.

A partir de notícias de atualização, verificou- se que mais de 250 cidadãos foram afetados, segundo relatório de cadastro e acolhimento da Secretaria Municipal de Assistência Social. Além disso, 42 imóveis foram vistoriados e três tiveram danos estruturais. Os moradores perderam, de forma parcial ou integral, móveis, equipamentos domésticos, mantimentos e vestuários. Vale ressaltar que ainda há bairros da região com abastecimento de água comprometido e 28 famílias desalojadas.

Devido à falha na prestação do serviço aos consumidores cariocas com o desabastecimento de água, o Procon Carioca solicitou esclarecimentos para as seguintes questões:

1) O que causou o rompimento da adutora?

2) Foi realizado reparo na área em que aconteceu o incidente? Levou quanto tempo para a conclusão do serviço?

3) Quantos consumidores da cidade do Rio de Janeiro tiveram o fornecimento de água interrompido?

4) A distribuição de água levou quanto tempo para ser normalizada?

5) A companhia adotou alguma medida para mitigar ou reparar os danos causados aos consumidores que ficaram sem acesso à água, em função do rompimento da adutora?

6) Como foi realizado o auxílio às famílias que tiveram seus imóveis afetados pelo alagamento?

7) Qual procedimento será adotado para realizar o ressarcimento dos bens afetados pelo alagamento? Qual o prazo máximo para o ressarcimento?

8) Quantas reclamações foram registradas nos canais de atendimento da Companhia?

Segundo o diretor executivo do Procon Carioca, Igor Costa, a equipe continuará fiscalizando os problemas causados e também receberá reclamações em seus canais de atendimento.

 

– É importante os responsáveis prestem os devidos esclarecimentos, e que a população informe sobre seus prejuízos. O Procon Carioca vai acompanhar todo o processo. Além da Central 1746 e das redes sociais, disponibilizamos o e-mail [email protected] para que o cidadão possa entrar em contato com a nossa gerência de atendimento – disse Igor.

Compartilhe

Categoria:

  • 27 de março de 2023
  • Marcações:

    Notícias

    Sete quiosques ilegais são demolidos pela Prefeitura do Rio, em São Cristóvão

    27 de março de 2023

    Comlurb antecipa coleta domiciliar em vias do Engenho de Dentro para última noite de show do Coldplay

    27 de março de 2023

    Vila Olímpica Dr. Sócrates Brasileiro abre mais de 900 vagas gratuitas para diversas atividades esportivas

    27 de março de 2023

    Motorista faz conversão proibida e colide com articulado da nova frota do BRT

    27 de março de 2023

    Secretaria de Cultura cria escritório de projetos para executar obras de reforma e modernização dos seus equipamentos

    27 de março de 2023

    < Voltar