NOTÍCIAS

Quem é o menino de 8 anos que perdeu a vida de maneira brutal mas salvará várias pessoas mesmo após partir

O caso vem gerando uma enorme comoção.

Um pequeno herói partiu de maneira precoce causando uma enorme comoção. Contudo, mesmo depois de sua morte ele poderá salvar a vida de muitas pessoas, entenda.

Na quinta-feira (30), foi anunciado que um garotinho de apenas 8 anos havia sofrido morte cerebral após um acidente de trânsito na BR-470, na cidade de Blumenau, que fica na região do Vale do Itajaí, no interior do estado de Santa Catarina, há seis dias atrás.

Apesar da tristeza, a família tomou a corajosa decisão de doar os órgãos do pequeno. Os pais do menino, também envolvidos na colisão e feridos gravemente, permaneciam hospitalizados até a tarde desta sexta-feira (31).

Bruno da Silva que morreu em acidente na BR-470 Foto ReproduoRedes sociais

Já faz uma semana desde que o acidente aconteceu. Na ocasião, a família resolveu sair de carro à noite para visitar os avós maternos do menino. Infelizmente, houve uma colisão com outro veículo, mas a motorista saiu ilesa do ocorrido.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a mulher que acabou invadindo a pista contrária se recusou a realizar o teste do bafômetro.

O pequeno era o único filho do casal, e frequentava a Escola Básica Municipal Francisco Lanser. A escola fez um pedido emocionado por orações em prol do menino.

Por conta dos processos médicos necessários, o velório e cremação do garoto serão agendados para ocorrerem durante o sábado (1ª).

A equipe médica do hospital em que os pais do garoto ainda estão internados está se organizando para que possam comparecer à cerimônia de despedida de seu filho no Crematório Vaticano, situado no bairro Salto do Norte, em Blumenau.

Por enquanto, não há uma data e horário definidos para que a solenidade aconteça, mas espera-se que as próximas informações sejam divulgadas em breve.

Carro fica destrudo aps batida na BR-470 em Blumenau

O acidente deixou Bruno inconsciente e, por isso, ele foi imediatamente socorrido e levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A mãe do menino também precisou ser internada na UTI, mas na sexta-feira (31), ela já havia sido transferida para a enfermaria.

A equipe médica previu que ela precisaria passar por uma cirurgia ainda no mesmo dia. O pai do garoto, que é marido da mulher internada, continua hospitalizado junto com ela.

Entregue à Polícia Civil de Blumenau para investigação, um laudo do acidente deve ser produzido, afirmou a Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, a motorista de 28 anos que causou a colisão não demonstrou sinais de embriaguez, mas se recusou a realizar o teste do bafômetro.

 

 

Quem é o médico que perdeu a vida em ataque cruel no Espírito Santo: ‘ ENCONTRO COM…’

A morte de um jovem médico comoveu a população de uma cidade localizada no interior do Estado capixaba.

No Centro de Montanha, situado no Norte do Espírito Santo, amigos encontraram o corpo de Aloísio Vieira Silva, um médico de 29 anos, dentro de seu apartamento na manhã deste domingo (26).

Após diligências, a Polícia Civil e a Polícia Militar prenderam um homem suspeito de roubar e assassinar o médico. De acordo com as autoridades policiais, o crime foi classificado como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Durante a manhã deste domingo, amigos e colegas de trabalho de Aloísio acionaram a Polícia Militar, pois notaram sua ausência em seu serviço.

Ao chegarem à sua residência, encontraram Aloísio caído e com sangramento no rosto, sem vida. Após as diligências, a Polícia Civil descobriu que um homem, cuja identidade não foi revelada, matou o médico a facadas e roubou seus pertences pessoais e seu veículo, configurando o crime de latrocínio.

Horas depois do crime, o suspeito de latrocínio foi detido na cidade de Conceição da Barra, onde foram encontrados os objetos pessoais da vítima em sua posse. Aloisio, que se formou em medicina em 2020 pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), trabalhava em cidades do interior como Pinheiros e Montanha.

Por volta das 9h30, a perícia foi acionada pela Polícia Civil para analisar o crime. O corpo da vítima foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

 

 

Compartilhe isso: