NOTÍCIAS

Prefeitura de Cuiabá | “É um gerador de oportunidades”, define Emanuel Pinheiro ao inaugurar o Cuiabanco, que terá linhas de crédito para micro, pequenos e médio empreendedores

Reafirmando o compromisso de sua gestão, que é o de governar para todos os cuiabanos, mas priorizando aqueles que têm menos oportunidades, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, inaugurou nesta terça-feira (11), o Cuiabanco, um dos pilares que integram o projeto “Pra Frente Cuiabá”.

Gerar oportunidades.  Assim deve ser definido o Cuiabanco, que vai disponibilizar linhas de crédito de R$ 1,5 mil até R$ 25 mil reais a micros, pequenos e médios empreendedores da capital e do campo, com juros zero, bem como a oferta de suporte técnico e capacitação aos empresários cuiabanos dentro do cenário do comércio local. O crédito também será concedido àqueles que estiverem ‘negativados’.  A atividade está inserida na ampla programação de celebração aos 304 anos do aniversário de Cuiabá.

 

Durante discurso de abertura das atividades, o  prefeito Emanuel Pinheiro,  disse que a ideia do Cuiabanco surgiu para auxiliar as pessoas que têm necessidade de crédito para empreenderem, mas não conseguem, por estarem o com o nome negativado.

“Eu também já quebrei. Eu não tenho gado, não tenho terras, não tenho fazenda, não tenho usina, não tenho garimpo, não tenho soja, não tenho empresa, não tenho comércio. Não tenho nada, a não ser meu nome e meu patrimônio adquirido durante minha vida pública, que é a mesma há 34 anos. Ao longo desse período já quebrei umas duas  vezes. Já tive esse momento na minha vida, eu devia e meu nome estava no Serasa e eu precisava de crédito. Quando nós construímos a ideia do Cuiabanco eu fiz uma exigência: a instituição deveria emprestar dinheiro para quem está no Serasa. O banco do povo só tem sentido se for para fomentar a economia, ajudar os pequenos, os mais pobres, os que não têm oportunidades e aqueles que querem se reerguer na vida. Muitas destas pessoas que passaram pelo Serasa é porque tiveram dificuldades durante a sua vida e tudo o que elas querem é uma oportunidade”, disse Pinheiro.

Ele revelou que apresentou o projeto ao presidente Lula, que, além de ter aprovado, ainda apresentou mais uma ideia. O presidente da República falou sobre uma moeda social criada em Maricá, no estado do Rio de Janeiro e sugeriu que Emanuel implantasse o mesmo projeto em Cuiabá. “O secretário de Agricultura, Francisco Vuolo, já entrou em contato com o prefeito de Maricá para pegar mais informações sobre a moeda social, pois queremos trazer para Cuiabá também. Queremos fazer de Cuiabá um exemplo, para darmos oportunidade para o povão, para dar vez e voz para quem mais precisa. Sou o prefeito dos 700 mil cuiabanos, mas a minha prioridade, o meu trabalho e o meu foco são derrubar a alta incidência de exclusão social em Cuiabá”, afirmou.

O secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico (SMATED), Francisco Vuolo, revelou que o Cuiabanco era um grande sonho do prefeito e ressaltou ainda que a Câmara Municipal foi uma grande parceira neste processo, pois aprovou e chancelou o projeto. “Junto com o Cuiabanco, instalamos o Complexo de Atendimento ao Empreendedor, voltado para aqueles que querem iniciar o seu negócio. Estamos abrindo ainda uma terceira unidade municipal do Sine Municipal, além da sala do IMEX, que é o programa de Importação e Exportação de Cuiabá. E assinamos hoje, junto com os Correios, uma parceria para que possamos importar e exportar com o suporte dado pela instituição”, revelou Vuolo.

Ele explicou que o Complexo de Atendimento ao Empreendedor é uma sala criada em parceria com a Fecomércio e com o Sebrae para dar suporte à pessoa que for ao Cuiabanco obter crédito, para que o recurso seja aplicado da melhor maneira. Serão ofertados, de forma gratuita oficinas, cursos, e até mesmo consultorias individualizadas para que a pessoa prospere em seu negócio. Em relação às importações e exportações, Vuolo revelou que já foram firmados convênios com dois países. “Nós já temos convênios com dois países, Itália e Estados Unidos, com a Câmara Texana e a Câmara Italiana para que possamos já prospectar cargas e fazer com que tenhamos a condição de exportar produtos aqui de Cuiabá e do estado de Mato Grosso utilizando os Correios”.

A Credisol é a instituição que vai oportunizar o crédito para micro e pequenos empreendedores em parceria com a Prefeitura de Cuiabá. Serão disponibilizados neste primeiro momento 25 milhões de reais e Prefeitura bancará os juros até R$ 5 mil reais. Para que o cidadão tenha um resultado efetivo no seu negócio, foi lançado também o Assistente Personalizado ao Empreendedor – APE, aplicativo que o empreendedor utilizará para fazer o acompanhamento de forma interativa de todo o acesso ao crédito que ele teve, garantindo a certeza de melhores resultados.

A primeira cliente do Cuiabanco foi a empresária Nayara Freitas, que pegou 5 mil de crédito para investir em sua empresa de moda infantil. “Só tenho a agradecer ao prefeito Emanuel Pinheiro, ao vice-prefeito Stopa, ao secretário Vuolo e à Credisol, pois fui muito bem atendida. Estou muito feliz porque vou investir no meu negócio e movimentar a a economia da minha cidade. Gratidão a todos!”, disse.

O Cuiabanco está instalado na rua Barão de Melgaço, 3.678 – Centro (Esquina com a Rua Campo Grande) e estará funcionando a partir de quarta-feira (12), em horário de expediente bancário.

Estiveram presentes ao evento também o vice-prefeito, José Roberto Stopa, os secretários municipais da Mulher, Cely Almeida, de Governo, Wilton Coelho, de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho, de Ordem Pública, Leovaldo Sales, de Cultura, Aloísio Leite, de Turismo, Nilza Taques, de Meio Ambiente, Ana Paula Morelli e do Procon, Genilto Nogueira. Também participaram do evento o deputado Juca do Guaraná Filho, os vereadores Luis Cláudio e Renivaldo, a ex-prefeita, Jacy Proença, o ex-diretor do Sebrae, José Guilherme Ribeiro, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, Célio Fernandes e o subgerente de Desenvolvimento de Mercado do Correios do Estado, Albert Sympson.