NOTÍCIAS

Falece Palmirinha, aos 91 anos, após internação em São Paulo; carreira brilhante na televisão

Faleceu na manhã deste domingo (07) a cozinheira Palmirinha, conhecida em todo o país por programas culinários na televisão. O óbito foi confirmado através do Instagram, perfil onde ela é seguida por seus fãs.

“A família, consternada e inconsolável, comunica o falecimento de Palmira Nery da Silva Onofre, a Vovó Palmirinha, aos 91 anos, ocorrido hoje, 7 de maio, às 11h20 em decorrência de agravamento de problemas renais crônicos”, diz um trecho do comunicado.

Morre Palmmirinha, aos 91 anos Em outro trecho do comunicado, foi informado que Palmirinha estava internada na Unidade Paulista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, desde o dia 11 de abril. Abaixo você pode conferir a publicação na íntegra.

Carreira de Palmirinha

Palmirinha Onofre foi uma das mais queridas e reconhecidas personalidades da culinária brasileira. Nascida em 1931, em Bauru, interior de São Paulo, Palmirinha iniciou sua carreira na década de 1990, quando apresentou o programa “TV Culinária”, na TV Gazeta. Com seu jeito carismático e simpático, Palmirinha conquistou o público com suas receitas simples e saborosas, sempre acompanhadas de dicas preciosas e histórias divertidas.

Após um hiato na televisão, Palmirinha voltou aos holofotes em 2009, quando participou do programa “Hoje em Dia”, da TV Record. Sua participação foi um sucesso e, a partir daí, Palmirinha se tornou uma referência em culinária para todas as idades. Ainda na Record, ela apresentou o programa “Palmirinha Onofre com Amor”, que teve grande audiência e foi muito elogiado pela crítica especializada.

Morre humorista

Faleceu neste sábado (06) o comediante Eraldo Fontiny, aos 41 anos. A triste notícia foi confirmada pela 98 FM, emissora onde o artista trabalhava atualmente. Ele ficou nacionalmente conhecido como Lili, que aparecia em A Praça é Nossa, do SBT.

O talentoso artista trabalhava na emissora de rádio no Programa Graffitte. Ficou conhecido por interpretar a referida personagem, uma criança mal-intencionada que era muito popular entre o público. O ator também atuou em outras emissoras da televisão, como Globo, Band e RedeTV.

Morre Eraldo Fontiny, aos 41 anos

O querido comediante Eraldo Fontiny, aos 41 anos, faleceu neste sábado (06), deixando uma legião de fãs enlutados. O talentoso artista, conhecido pela interpretação da personagem Lili em A Praça é Nossa, do SBT, também marcou presença em programas na Globo, Band e RedeTV. Além do sucesso na televisão, Eraldo conquistou milhares de seguidores em suas redes sociais, com carisma e humor únicos. A causa da morte foi um mal súbito. A 98 FM, emissora onde ele atualmente trabalhava no Programa Graffitte, emitiu uma nota exaltando sua carreira e legado na cultura do país, ressaltando a comoção e tristeza de todos que o conheciam.

Além disso, Eraldo Fontiny possuía outras personagens e seu carisma conquistou fãs não só na televisão, mas também nas redes sociais, onde acumulava mais de 350 mil seguidores. A causa do óbito foi um mal súbito.

Ele foi um artista de sucesso não só nas redes sociais, com vídeos que ultrapassaram a marca de 500 mil visualizações, mas também na TV. Participou de quadros no programa Pânico na Band e esteve um ícone do humor televisivo, o programa A Praça É Nossa.

A 98 FM divulgou uma nota exaltando o trabalho do saudoso humorista. Na nota, a emissora destacou que ele foi um artista raro, precioso e único, que conseguiu tocar profundamente a vida de sua audiência e deixou um legado inestimável para a cultura do país.

Emissora emite nota de falecimento

Em comunicado oficial, expressaram que a família da rádio e o programa Graffitte, do qual Eraldo Fontiny fazia parte, estão em profundo luto pela perda. Essa declaração reflete a tristeza e a comoção que todos na emissora estão sentindo pela partida repentina de um grande talento e companheiro de trabalho.

IVANA

Você se lembra da personagem Ivana, da novela A Força do Querer? Na trama, a jovem descobre que é transexual e precisa enfrentar diversos desafios para assumir sua identidade como homem trans. Carol Duarte interpretou Ivana em ambas as fases da história. Mas o que aconteceu com a atriz desde que a novela das nove da Rede Globo de Televisão chegou ao fim?

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, do jornal carioca O Globo, Carol Duarte foi escalada para a série Mal Secreto. A produção será protagonizada por Sérgio Guizé e está prevista para estrear no próximo ano no Globoplay.

“Ernesto Zucatti é o psiquiatra forense mais renomado do Brasil. Sua rotina consiste em analisar e desvendar os mais sombrios mistérios, mecanismos e perversões da mente humana”, divulgou o Globoplay ao falar sobre a trama.

Recentemente, Carol Duarte publicou uma foto durante o período de quarentena do coronavírus em suas redes sociais. Ela compartilhou seus sentimentos sobre esse momento difícil para a humanidade: “Uma selfie ou O dever da quarentena. Embora eu ache que as redes sociais andam sendo fonte de afeto nesses últimos tempos, eu me sinto intoxicada pelos seus reflexos, tem por aqui uma alavanca de auto importância que me cansa”.

 

View this post on Instagram

A post shared by Carol Duarte (@carooolduarte)

 

Travessia: depois de parto complicado, Chiara toma decisão sobre filho após pedido de Ari

No último episódio da novela Travessia, que será exibido nesta sexta-feira (5), os telespectadores verão Chiara (Jade Picon) enfrentando momentos de grande sofrimento durante o parto. O episódio indicará que a influenciadora poderá sofrer de depressão pós-parto, já que ela tapará os ouvidos para não ouvir o choro do próprio filho e até mesmo rejeitará segurá-lo após o apelo do médico.

De acordo com o roteiro de Gloria, Chiara passará por um parto muito difícil, e mesmo com a insistência do médico, se negará a pegar o bebê recém-nascido.

A decisão de Chiara definirá o destino do filho caçula de Ari (Chay Suede), e ainda não se sabe se ela o criará como seu próprio filho ou se Guerra cumprirá o seu desejo de registrar o recém-nascido. Dessa forma, Chiara agiria como uma irmã mais velha do seu próprio filho.

No entanto, tudo indica que a jovem desistirá de doar a criança. No último momento, ela decidirá ficar com o bebê, que será batizado de Jorge Luís Neto.

As cenas finais de Chiara mostram ela permitindo que Ari conheça o filho. Após passar um tempo na cadeia, o vilão pedirá para ver o bebê e deixará a patricinha comovida com a situação. “Não vou fazer com você o que fizeram comigo”, dirá Chiara para Ari, pedindo logo em seguida para que Lídia (Bel Kutner) traga a criança.

Compartilhe isso: