NOTÍCIAS

Guarda Municipal recebe visita dos cônsules de Angola e Cabo Verde – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

A visita foi em alusão ao dia Mundial da África – Robert Gomes/Guarda Municipal

A Guarda Municipal do Rio recebeu, na manhã desta quinta-feira (25/5), a visita dos cônsules de Angola, Mateus de Sá Miranda, e de Cabo Verde, Pedro Santos. O objetivo da visita foi conhecer o trabalho realizado pela Guarda Municipal na cidade e estreitar ainda mais os laços de amizade entre os países africanos e a instituição. O encontro foi realizado no Salão Nobre da instituição, em São Cristóvão, e contou ainda com uma comitiva formada pela presidente e pelo diretor social da Corporativo Black, Sabrina Ferreira Oliveira e Alexandre José; além do 1º secretário geral do Consulado de Angola, Jorge Ferrão, e do assessor especial do Consulado de Cabo Verde, João Vaz. Comandantes de unidades e setores administrativos também participaram do encontro.

A comitiva foi recebida pelo inspetor geral José Ricardo Soares, que deu as boas-vindas e agradeceu aos visitantes pelo encontro e destacou a importância da relação com os países africanos.

Durante o encontro, a GM Karla Osana, que integra o programa GM Sem Preconceito, falou das atividades desempenhadas pelo programa, que existe desde o ano de 2016, e atua em cinco eixos principais, visando combater e conscientizar o efetivo sobre violências muito presentes na sociedade brasileira: o racismo, a LGBTQIA+fobia, a violência contra a mulher, capacitismo, e a intolerância religiosa.

Os dois representantes dos países africanos destacaram o papel da Guarda Municipal na cidade do Rio e o apoio que a instituição dá para a população africana que vive na cidade. Eles também elogiaram bastante o trabalho desenvolvido pelo programa GM sem Preconceito.  E ainda destacaram as semelhanças que existem entre as três nações, que vão além da cor da pele.

A visita foi em alusão ao dia Mundial da África, marcado pelo dia em que 32 chefes de Estado Africanos, se reuniram em 1963, na Etiópia, e criaram a Organização da Unidade Africana (OUA), com o objetivo de liberar o continente do colonialismo e do Apartheid. Em 2002, a OUA foi substituída pela União Africana (UA) para realizar a descolonização da África. A data é uma forma de gerar reflexão sobre os desafios que ainda assolam o continente. Por meio da Lei 7.617 de 24 de outubro de 2022, foi incluído no Calendário Oficial da cidade do Rio de Janeiro.

O encontro contou com apresentação da Banda de Música, que tocou os hinos nacionais de Angola, Cabo Verde e do Brasil, e ao final do encontro os visitantes puderam ver e ouvir um pouco da história da Guarda Municipal, contada em sete painéis, com a narração dos guardas municipais Padilha e Evangelista.

Compartilhe

Categoria:

  • 25 de maio de 2023
  • Marcações:

    Notícias

    Naves do Conhecimento oferecem 4 mil vagas em cursos e oficinas gratuitas de tecnologia e empreendedorismo

    25 de maio de 2023

    CET-Rio monta esquema especial de trânsito para competição de skate na Enseada de Botafogo

    25 de maio de 2023

    Guardas municipais participam de roda de conversa no Instituto Pretos Novos

    25 de maio de 2023

    Prefeitura apresenta suas iniciativas na área da transição energética e assina acordo de cooperação com Maricá, Mesquita e Niterói

    25 de maio de 2023

    Prefeitura do Rio inaugura novo posto veterinário no Flamengo

    25 de maio de 2023

    < Voltar